Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

loading...

Conheça 4 assassinos piores que os da ficção

Alguns filmes de terror possuem serial killers e psicopatas cruéis, entretanto, muitos deles não chegam nem aos pés da frieza de assassinos que já estiveram entre nós.

Confira 4 assassinos piores que os da ficção:
Rodney Alcala

NEWSOFCRIME/TUMBLR

Este serial killer foi condenado à pena de morte por ter matado 5 mulheres na década de 70. Além destas 5, ele confessou ter matado mais 30 e acredita-se que este número pode chegar a 130.

O mais curioso deste assassino não é o número de vítimas, mas sua participação em um programa de TV onde uma mulher solteira fazia perguntas para três participantes sem os ver e elegia seu par ideal através das melhores respostas. Rodney Alcala venceu.

Este vídeo mostra a participação:
 Jack Unterweger

Jack Unterweger nasceu na Áustria em 1950 e foi preso algumas vezes por pequenos delitos. Porém, aos 24 anos, ele enforcou e matou uma prostituta com seu sutiã e foi condenado à prisão perpétua.

Na prisão, Jack demonstrou um grande talento ao escrever contos e poemas, e publicou vários livros, além de sua autobiografia. Após o reconhecimento deste talento, a população da Áustria fez uma campanha para que o assassino fosse solto, já que era um grande artista. A campanha deu certo e Jack foi solto após 15 anos.
Toda essa história gerou grande notoriedade a ponto de Jack aparecer em programas de TV explicando sua reabilitação. Porém, em seu primeiro ano livre, matou mais 9 prostitutas, da mesma forma que a primeira, enforcando com sutiã. Os crimes vieram à tona, ele foi pego novamente em 1992 e se matou na prisão, em 1994. 

Grady Stiles
Grady Stiles possuía uma doença chamada ‘Ectrodactilia’, que resultou na má formação de seus pés e mãos. Esta doença rendeu o apelido de ‘menino lagosta’, pois seus membros pareciam com os membros do crustáceo. Ele se apresentava em circos, onde conheceu sua esposa, com quem teve 4 filhos.

Grady era alcoólatra e este vício o deixava muito perigoso, a ponto de matar o noivo de sua filha, um dia antes do casamento. Ele não foi preso, mas ficou em liberdade condicional. Isso fez com que sua filha se unisse à sua esposa e contratassem um assassino de aluguel para matá-lo.
Souflikar 
 
 É um dos maiores assassinos da história, responsável pelas execuções do sultão do Império Otomano, Mehmed IV, que reinou na segunda metade do século XVII.

Souflikar assassinou em média 3 pessoas por dia, alcançando 5000 mortes. O mais medonho é o fato de que ele estrangulava sua vítima com as próprias mãos. Além disso, ele gostava de ‘brincar’ com estas vítimas e apostava corrida contra elas, caso vencessem, não seriam mortas. Souflikar, porém, nunca perdeu.

1 comentários :

  1. Olá
    Eu sou Mauro, proprietário do blog A História, seus fatos curiosos e curiosidades do mundo moderno (fatoscuriososdahistoria.blogspot.combr). O blog faz postagens sobre curiosidades da História especificamente, e também curiosidades sobre assuntos gerais.
    Se você tiver interesse em divulgar suas postagens em meu blog como mais uma plataforma para aumentar sua divulgação, é só enviá-los para mauroluizaragao@gmail.com, que terei imenso prazer em publicá-los com os devidos créditos.
    O link de seu blog/site será colocado na relação de parceiros de meu blog.
    Abraço
    Mauro

    ResponderExcluir