Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

loading...

Um rio desaparece totalmente em menos de dois dias no México

O Rio Atoyac, situado no estado de Veracruz no México, desapareceu completamente em alguns poucos dias. Enquanto os habitantes se inquietam com o desaparecimendo dessa importante fonte de água na região, os especialistas acreditam ter encontrado a origem do fenômeno. Milhões de litros d'água desaparecidos em menos de 48 horas. É um estranho evento que impressiona atualmente os habitantes do estado de Veracruz no México. O principal rio dessa região, conhecido pelo nome de Atoyac, hoje está completamente desaparecido. Em apenas dois dias, o curso d'água deu lugar a um caminho seco e cravejado de pedras. 

Os primeiros sinais do desaparecimento do rio surgiram no último final de semana de fevereiro, quando ele parecia diminuir seu fluxo de pouco em pouco. "Segunda-feira, nós percebemos que o curso d'água tinha acabado. Então nós fomos investigar e encontramos um buraco que está impedindo o rio de correr ao longo de seu curso natural", explicou à EFE Juana Sanchez, uma habitante local. Um buraco gigantesco que engoliu as águas do rio Segundo as mídias locais, o buraco mede cerca de 30 metros comprimento por 20 de largura.

 Ele teria engolido totalmente as águas do rio as impedindo de seguir. Por enquanto, as causas exatas desse fenômeno não estão claras, mas uma teoria ganha força. De acordo com o diretor de Urgências para a Proteção Civil, Ricardo Maza Limon, o buraco teria sido formado em função de uma "fratura geológica". Mais precisamente, os especialistas acreditam que seja uma "dolina" ou "sinkhole", em inglês. 

Se trata de uma depressão provocada por uma erosão de rochas calcárias presentes no solo. Ao tornar o solo poroso, a erosão provoca um rebaixamento progressivo ou repentino do terreno. Este fenômeno está associado normalmente a chuvas torrenciais ou à circulação de grandes quantidades de água dentro do solo. É um evento frequente em determinadas regiões e pode causar consequências graves, os buracos podem atingir entre um e 600 metros de diâmetro. 

Um desaparecimento com consequências preocupantes Uma equipe de geólogos foi destinada pelo governo afim de descobrir com mais detalhes o que aconteceu. No entanto, os habitantes se preocupam, com razão, com esse desaparecimento que pode ser, segundo alguns especialistas, "irreversível". O problema é que o rio Atoyac é conhecido por ser a única fonte de água da região. 

Assim, mais de 10 mil pessoas dependem dele, para ter acesso à água potável, mas também para irrigar as plantações de cana-de-açúcar, das quais muitos habitantes retiram a maior parte de seu sustento. E o problema pode ser ainda maior se a situação não for controlada. E além disso, o rio Cotaxla, que é alimentado em parte pelo Atoyac, já teria começado a sentir os efeitos desse desaparecimento, segundo as autoridades locais.

Via Gentside

0 comentários :

Postar um comentário