Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

loading...

5 armas militares mais assustadoras dos últimos tempos

Neste momento, enquanto você lê esta matéria, muitos países estão em guerra. As razões são variadas, desde questões territoriais, políticas e até religiosas.

Por mais injustificável que seja a morte e os conflitos armados, que levam milhares de pessoas à morte todos os anos, é inegável o quanto o setor militar contribui para o avanço tecnológico, pois diversas ferramentas, como a própria internet, foram projetadas a partir de demandas militares.

Ao mesmo tempo que desenvolve a tecnologia do bem, a tecnologia militar tenta criar armas cada vez mais eficazes (leia-se mortais) com o objetivo de adquirir vantagem em uma situação de conflito.

Confira abaixo 5 assustadoras armas que foram desenvolvidas nos últimos anos:

Drones
Conforme dito acima, tudo começa com a tecnologia militar. Os drones que sobrevoam nossos shows e eventos esportivos, nos dias de hoje, e que nos divertem e são objeto de desejo de diversas pessoas, nasceram com a proposta militar.

Desde 2001, o exército americano investe no desenvolvimento de drones não tripulados para efetuar ataques em territórios hostis, sem comprometer seu contingente.

Laser de calor
Armas laser não são mais coisa de filme. Os exércitos americanos e chinês já possuem uma arma laser que emite um grande feixe de calor e geram muita dor e calor à suas vítimas, com o objetivo de controlar multidões, em casos críticos.

O interceptador de mísseis
O exército israelense possui um sistema de interceptação, chamado de cúpula de ferro, que detona mísseis inimigos em pleno voo, antes que os mesmos se aproximem do solo israelense. Com esta arma, Israel diminuiu em 90% a incidência de misseis em solo israelense, que eram lançados a partir da faixa de gaza.

Tomahawk
O exército americano já tem em mãos uma nova versão dos mísseis Tomahawk, que são nada mais que mísseis teleguiados que podem mudar de rota, no meio do caminho e acertar alvos em movimento, tudo isso a uma distância de até 1,8 mil quilômetros de seu lançamento, tornando possível um ataque de longa distância e alta precisão.

Misseis Misseis anti satélite Chinês
Os mísseis anti satélites, desenvolvidos pela China, podem acertar alvos a mais de 800 km de distancia.

Em 2007, a China conseguiu detonar um satélite que estava em orbita com estes mísseis.

0 comentários :

Postar um comentário