Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

loading...

As 13 mentiras nas quais você sempre acreditou

Todo mundo cresce ouvindo mil histórias: Napoleão Bonaparte era baixinho; mosquitos vivem apenas um dia; a muralha da China é tão grande que pode ser vista do espaço; o fruto proibido mordido por Eva era uma maçã; seres humanos têm cinco sentidos; as pessoas usam apenas 10% do cérebro...

Essas verdades não são assim tão verdadeiras, e é sempre bom saber disso. A seguir, confira uma lista de verdades de mentirinha que fazem parte da sua vida desde que você era uma criança inocente que acreditava em fadas e duendes:

1 – A muralha da China não é tão visível assim
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

É difícil encontrá-la quando se está no espaço. Além disso, há outras construções perfeitamente visíveis lá de cima.

2 – Sangue azul não existe
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

O sangue desoxigenado tem uma coloração vermelha forte, enquanto o sangue oxigenado é um vermelho um pouco mais claro, como uma cereja. Não existe sangue azul, e as veias só ficam dessa cor por interferência da gordura e da pele que as recobre.

3 – Camaleões não mudam de cor para se camuflar
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Na verdade, esses animais curiosos mudam de coloração para se comunicar. Uma cor pode significar mudanças de humor, agressão, demarcação de território e comportamento de acasalamento.

4 – O tal fruto proibido
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

É normal que você pense que o tal fruto mordido por Eva foi uma maçã, afinal há muitas pinturas, referências, sermões e outras histórias nas quais a maçã é a ponte entre o paraíso e o pecado. A questão é: a Bíblia não diz que Eva mordeu uma maçã. O mais provável é que ela tenha comido uma romã ou um figo.

5 – Temos mais do que cinco sentidos
Fonte da imagem: Reprodução/Paperzip

E não para no sexto sentido, não! Podemos ter entre 9 e mais de 20 sentidos aguçados. Se sentimos cheiro, gosto, textura, tato e enxergamos, precisamos levar em consideração também a nossa capacidade de perceber equilíbrio, aceleração, dor, temperatura, entre outros. Você já tinha parado para pensar nisso?
6 – Napoleão não era baixinho
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Ok, ok, o apelido do cara era “le Petit Caporal” e, você sabe, “petit” significa “pequeno” em francês, mas Napoleão tinha 1,74 m de altura, uma estatura acima da média à sua época. O “pequeno” do apelido nada mais era do que uma forma carinhosa pela qual o líder era chamado.

7 – Quanto de seu cérebro você usa?
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Até Raul Seixas já falou a respeito da crença de que exercitamos pouco nosso cérebro na música “Ouro de Tolo”: “Se sentir um grandessíssimo idiota, saber que é humano, ridículo, limitado, que só usa 10% de sua cabeça, animal”. 

A verdade é que a maior parte de nossos neurônios estão sim latentes, “dormindo”, mas isso só acontece para que o cérebro funcione bem. Então, se não usamos toda nossa capacidade cerebral é porque o próprio cérebro funciona melhor assim.

8 – Vikings não tinham chifres em seus capacetes

Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

A imagem dos vikings com chapéus equipados com chifres foi criada pelo compositor alemão Richard Wagner em 1876, para a série musical intitulada “Der Ring des Nibelungen”.

9 – De onde vem o 4:20?

Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Usuários de maconha geralmente se referem à droga como 4:20 ou, ainda, 420. Mas de onde vem o “apelido”? A nomenclatura começou a ser usada em Los Angeles, onde o código policial 420 significa “perturbação juvenil”, e não tem nada a ver com o horário.
10 – Morcegos não são cegos

Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Apesar de 70% dos morcegos serem adeptos da ecolocalização, todos eles têm olhos e são capazes de enxergar, principalmente à noite.

11 – Expectativa de vida na Idade Média

Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Você aprendeu que naquela época as pessoas viviam muito pouco, mas a verdade é que elas chegavam até os 60 anos sem grandes problemas. A expetativa baixa se dá devido à grande taxa de mortalidade infantil que, quando somada aos índices de mortalidade entre adultos, acabava diminuindo a média.

12 – Mosquitos vivem mais de 1 dia
Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Você está acostumado com a ideia de que mosquitos vivem apenas 24 horas, mas a verdade é que um mesmo inseto pode azucrinar a sua vida por até 30 dias.

13 – Dedos enrugados

Fonte da imagem: Reprodução/Buzzfeed

Você é um ser afortunado e pode passar o dia inteiro dentro da piscina nesse calorão absurdo. Seus dedos ficam enrugados e isso não tem nada a ver com a sua pele absorvendo água (imagina que absurdo seria isso!), mas com uma resposta do seu sistema nervoso autônomo.

Cientistas acreditam que essa é uma herança de nossos ancestrais primatas, que tinham seus dedos e pés enrugados em ambientes úmidos para terem melhor aderência e evitar escorregões.

Via Buzz Feed

2 comentários :

  1. Gostamos bastante do post, apesar de ficarmos decepcionados de mosquitos viverem mais de 1 dia, hahahah.

    http://adoiis.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir