Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

loading...

Rafflesia: a maior flor do mundo

Rafflesia de cor vermelha com manchas brancas. Foto: Steve Cornish

Da família das Rafflesiáceas, a Rafflesia é uma planta parasita encontrada em florestas das regiões da Indonésia, Malásia, Tailândia e Filipinas. Ela vive presa ao caule ou raízes das árvores que habitam essas reservas.

Suas raízes, transformadas em filamentos endófitos, penetram profundamente nos tecidos do caule e raiz da planta hospedeira, extraindo os nutrientes necessários para o seu desenvolvimento. Essas flores podem demorar até 10 meses para atingir a maturação, permanecendo aberta somente por algumas horas ou dias.

Sendo compostas apenas por flores, elas são consideradas as maiores do mundo. A Rafflesia hasselt e a Rafflesia arnoldii, ambas adultas, podem chegar a medir 60 e 106 cm e pesar 7 e 10 kg, respectivamente. A menor das espécies – Manillana – é capaz de produzir flores com mais de 20 centímetros de diâmetro. Seu formato é circular e elas possuem cinco pétalas. Podem ser encontradas nas cores rosa ou vermelho com manchas brancas.

Outra curiosidade sobre esta planta, além do seu tamanho, é o forte odor que elas emitem para se reproduzirem. Através dele, os insetos responsáveis pela polinização se sentem atraídos. Esse cheiro, que pode ser comparado com o de uma carne em decomposição, fez com que os habitantes locais passassem a chamá-la de Corpse flower (Flor cadáver) ou Meat flower (Flor-carne).

Uma das espécies dessa planta, a Rafflesia arnoldii, é a que produz a maior de todas as flores conhecidas. Ela foi descoberta em 1818 em uma floresta tropical úmida, da Indonésia, por um guia local.

0 comentários :

Postar um comentário